quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O MELHOR DA POESIA BRASILEIRA

O APELO SÔFREGO DO TEU CORPO
(Rachel Alves, KeKa)

Trêmula com meu corpo nu,
Sinto o apelo sôfrego
Do teu corpo ardente...
O desejo toma conta do seu ser!
Tempestade de volúpias
A te enlouquecer...
Sua boca quente,
Sua vontade ardente a crepitar...
E no limiar da excitação,
Nossos corpos se unem
Como ímãs
Num frenesi desenfreado.
E ávidos de amor
Nos entregamos sem pudores.
Somos fornalhas a incendiar,
E arfantes nos amamos
Sem parar!!!


DEDICATÓRIA
(J.G. de Araújo Jorge)

Este meu livro é todo teu, repara
que ele traduz em sua humilde glória
verso por verso, a estranha trajetória
desta nossa afeição ciumenta e rara!

Beijos! Saudades! Sonhos! Nem notara
tanta cousa afinal na nossa história...
E este verso – é a feliz dedicatória...
onde a minha alma inteira se declara...

Abre este livro... E encontrarás então
teu coração, de amor, rindo e cantando,
cantando e rindo com o meu coração...

E se o leres mais alto, quando a sós,
é como se estivesses me escutando
falar de amor com a tua própria voz!

Um comentário:

  1. Muito linda, amo poesias sedutoras como esta.

    ResponderExcluir